Anuário 2015/2016

 

Anuário Internacional de Comunicação Lusófona 2015/2016: Metodologias de pesquisa, cibercultura, regulação e cooperação

Editores: Margarita Ledo, Francisco Campos, Carlos Toural, Xosé Ruas, Ana Isabel Rodríguez, Carmen Costa e María Salgueiro

Editora: Agacom
Ano: 2017
ISSN: 2255-2243

DOWNLOAD GRÁTIS

A singular cartografia que se reconhece nos países de expressão galaico-portuguesa confronta-se com a urgência de refletir, escolher e tomar posição nos temas – grandes e pequenos – da assim chamada sociedade do conhecimento, para que a mesma deixe de ser uma questão nominal e possa transladar-se para políticas concretas. De resto, dos suportes convencionais à web, dos estudos de género às políticas de representação, da identidade à comunicação organizacional, da história à epistemologia, nenhum âmbito do universo da comunicação ficou fora dos trabalhos do XII Congresso da Lusocom // III Congresso da Mediacom (realizado em Cabo Verde, de 19 a 21 de outubro de 2016.

Índice

Carta da Galiza: O espazo lusófono e a eterna diáspora
Margarita Ledo Andión

7

PARTE I – Monográfico: Metodologias de pesquisa em comunicação no espaço lusófono, cibercultura, regulação e cooperação
 Ciências da comunicação e mundo lusófono
Moisés de Lemos Martins (Universidade do Minho)
 11
A lusofonia como projeto em construção
Joaquim Paulo Serra (Universidade da Beira Interior) 

19

Redes científicas e nodocentrismo
Francisco Campos Freire (Universidade de Santiago de Compostela)

27

Sociedade da información e fendas dixitais. O espazo lusófono en contexto
Emili Prado e Rosa Franquet (Universidade Autónoma de Barcelona)

 45

A propósito da lusofonia. Cibercultura e diversidade: para uma abordadem pós-convencional do conceito de rede e de cultura
João Carlos Correia (Universidade da Beira Interior)

59

Redes sociais científicas: presenza en Academia.edu e ResearchGate dos investigadores e investigadoras en comunicación das universidades públicas galegas e portuguesas
Iván Puentes Rivera, José Rúas Araújo e Ana Belén Fernández Souto (Universidade de Vigo)
67
Cultural Cooperation Networks Creative Laboratory: balanço de um ano experimental
Manuel Gama (Universidade do Minho)
79
Gobernanza e redes sociais nas radiotelevisións públicas do espazo lusófono
Tania Fernández Lombao e Andrea Valencia Bermúdez (Universidade de Santiago de Compostela)
 95
Identidades e filiações de jornais coloniais de expressão portuguesa: o caso de Angola
Antônio Hohlfeldt (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul)
 107
Marca, lugar e ethos: o ethos discursivo da marca-lugar na comunicação publicitária da cidade de Salvador
Nelson Soares e Giovandro Marcos Ferreira (Universidade Federal da Bahia)
 121
Os usos dos média e a importância da língua de acolhimento na integração de imigrantes: abordagem metodológica em dois casos de estudo
Inés Blanco (Universidade de Coimbra)
131
PARTE II – Miscelânea
A información de proximidade como eixo do ecossistema comunicativo galego do terceiro milenio
Xosé Lopez García e María Cruz Negreira-Rey (Universidade de Santiago de Compostela)

147

As audiencias nas estratexias transmedia das industrias culturais galegas. Entre o produto do éxito e o experimental
Carmen Costa Sánchez (Universidade da Coruña)

153

Fotografando o outro
Vítor Vaqueiro Foxo

165

Homenaxe da Asociación Española de Investigación en Comunicación (AE-IC) ao Dr. José Marques de Melo
Intervención de Margarita Ledo Andión

177

Novas da lusofonía
Carmen Costa Sánchez

179

Reseñas
Ana Isabel Rodríguez (Universidade de Santiago de Compostela)

185

Agradecemento aos revisores  195